Tratamento para Dependentes Químicos

Tratamento para dependente químico

Tratamento para dependente químico

É importante verificar se a pessoa em questão consegue ficar sem o uso de droga, caso contrário precisa de tratamento para dependente químico, a retirada do local onde vive é aconselhada quando se verifica o vício, caso contrário à espera pode ser arriscada.

Na dúvida sobre a iniciativa a ser tomada ou qual tratamento para dependente químico realizar, recomendamos entrar em contato com profissionais da área ou entre em contato conosco que estamos à disposição para ajudá-los no que for preciso.

O tratamento para dependente químico consiste na retirada da pessoa do local onde vive e com atividades terapêuticas e laborterápicas, terapias com psicólogo e diagnóstico realizado pelo psiquiatra no tratamento para dependente químico, incidem em minimizar as condições que favoreçam ao uso de drogas.

Os pacientes acolhidos pelo tratamento para dependente químico devem estar cientes dos motivos que os levam ao uso abusivo de drogas para que eles próprios trabalhem internamente e juntamente com os profissionais que atuam no tratamento.

Essas são algumas das diretrizes que tentamos mostrar sobre como o tratamento para dependente químico ocorre. Informamos que estamos regularizados e vistoriados pela Anvisa, corpo de bombeiro e possuímos alvará de funcionamento concedido pela prefeitura.

Se deparar com alguém próximo necessitando tratamento para dependente químico é mais comum do que a gente imagina, a interferência familiar ou de amigos deve acontecer, pois é bastante difícil alguém conseguir parar até mesmo ao usuário que queira.

As consequências geradas pela abstinência podem ser bastante dolorosas, podendo ocorrer delírios e alucinações entre outras, o tratamento para dependente químico ocorre sob supervisão médica na retirada da droga.

Psicólogo, psiquiatra, enfermeiro, nutricionista, terapeuta ocupacional, monitores equipe administrativa trabalham em conjunto onde a união em um único local possibilita o diálogo sobre cada paciente indicando o tratamento para dependente químico necessário.

Codependência Química ocorre quando perde-se a noção de até onde deve-se ajudar o dependente de drogas e álcool. Conheça as características da doença.Descubra a quem recorrer para alcançar a cura.

Codependência Química – O que é?

A codependência química é um estado patológico em que pessoas ligadas a dependentes químicos, abrem mão de suas vidas para viverem em função dos problemas e sentimentos destes.

Indivíduos nesta situação de codependentes são afetados pela convivência com familiares ou amigos, vítimas das drogas ou do álcool. Se envolvem emocionalmente com o problema do outro a ponto de acobertarem as consequências dos atos destes dependentes.

O codependente acha-se inteiramente responsável pelo dependente e faz de tudo para minimizar as situações constrangedoras e dolorosas do álcool e das drogas.

Codependente e Dependente químicos – Os dois precisam de ajuda.

Os dois, tanto dependente quanto codependente precisam de ajuda e de tratamento. Mas, quem pode ajudar?

Quem trabalha com reabilitação humana e conta com profissionais inteiramente capacitados para lidar com os problemas do álcool e da droga.

O Grupo VIDA pode ajudar, pois trata e reabilita de dependentes químicos de drogas e álcool, desde 1988. Só quem tem tanto tempo de estrada neste ramo, pode saber como reverter esta doença.

A Clínica de Recuperação do Grupo VIDA conta com o melhor método de tratamento para estes casos. Possui elevado índice de recuperação comprovada e atua tendo como essência a humanidade no tratamento e a qualidade nos serviços prestados.

Se você ainda não conhece o Grupo VIDA, informe-se, ligue, venha ver de perto. Saiba que este é o lugar onde se pode alcançar a cura. Não somente para aquele que é codependente, mas também para seu ente querido, preso no infortúnio do vício.

Saiba que aqui moram a esperança e a conquista de dias mais felizes. Aqui pode-se sonhar com a libertação do mundo da codependência.

O Drama dos Codependentes químicos e alcoólicos?

Eles não se reconhecem como doentes emocionais. Vivem ao redor dos dependentes tentando ocultar todo o rastro deixado por eles. O objetivo é sempre esconder as situações ocorridas para evitar a qualquer custo o sofrimento do outro.

É uma relação doentia e que resulta em malefícios para ambos. Para o dependente é uma situação ruim porque facilita e encoberta seu vício. Para o codependente é terrível, pois ele sente-se culpado pelas ações do outro.

Constantemente se responsabiliza por elas. Não percebe que está vivendo uma situação irreal e que precisa de muita, muita ajuda. Vive o vício do outro, morre a cada dia um pouco, sem esperança de cura.

Com sua atuação o codependente acha que está ajudando o familiar ou amigo que tenta proteger. Na verdade só adia o reconhecimento da dependência e atrasa o começo de um tratamento sério.

Na verdade, facilita e torna cômoda a continuação do vício. Tira de sobre os ombros do dependente toda a responsabilidade de seu mal. Este jeito de agir, não caracteriza auxílio e apoio. Significa que existe um relacionamento doentio entre ambos. O codependente se compromete e assume a culpa do vício, enquanto o dependente se acomoda, se embebeda ou se droga.

O Que Caracteriza a Codependência Química?

A codependência química é um estado doentio. É uma doença crônica e progressiva. Aqueles que sofrem com esta doença desenvolvem algumas características e apresentam alguns sinais como:

  • Tomam para si toda a responsabilidade dos atos do outro.
  • Assumem os sentimentos, as escolhas, as ações e até os pensamentos e destino do dependente químico.
  • Vivem ansiedade, remorso infundado, piedade intensa e culpa em relação ao problema e situação do outro.
  • Tentam a todo custo ajudar e ficam enraivecidos quando a ajuda não funciona.
  • Possuem autoestima baixa.
  • Tem verdadeira obsessão em controlar o comportamento do dependente.
  • Considera o protegido mais importante do que ele próprio.
  • Não consegue falar abertamente de seus sentimentos em relação ao outro.
  • Prefere sofrer em silêncio a ter que ferir o outro.
  • Tem dificuldades em entender que esta codependência é doentia e que precisa de tratamento.

Codependência Química e o Tratamento

A codependência química tem tratamento. A pessoa afetada quando busca tratar-se é levada a enfrentar o desafio de aceitar suas limitações quando se trata do outro.

O paciente passa a perceber até onde pode ir e até que ponto é possível ajudar alguém. É reestabelecida a linha entre amor e permissividade.

O tratamento do codependente possibilita a redescoberta da autonomia e objetiva colocar o paciente como ser humano importante. Além disso, proporciona oportunidade de construir projeto de vida próprio sem codependência de outros.

São Metas do Tratamento:

  • Levar à aceitação de si e do outro.
  • Promover a elevação da autoestima.
  • Proporcionar ao paciente valorização de si mesmo.
  • Enfrentamento da realidade.
  • Levar a expressar seus sentimentos sem culpa.
  • Levar a percepção de que é fundamental auxiliar, dando ao outro a oportunidade de decidir que tipo de ajuda deseja

Tratamento para dependente químico

Atendimento 24hs

(11) 4175-0727

(11) 96474-1518 (Vivo/Whatsapp)