Tratamento para Dependentes Químicos

Tratamento para dependentes químicos e alcoólatras em Santos

Tratamento para dependentes químicos e alcoólatras em Santos

Na busca pelo encontro das questões que possam vir a ser motivos ao uso abusivo de drogas álcool realizamos terapias com psicólogo e o psiquiatra verifica a possibilidade de doenças psíquicas ocorrendo o tratamento para dependentes químicos e alcoólatras em Santos se necessário.

Apesar da difícil intervenção da família é ela a parte que pode ajudar nos casos onde precisa de tratamento e ajuda, o apoio familiar é importante muito pelo fato que faz com que o dependente opte pelos laços entre as pessoas próximas e o uso de drogas, se a pessoa não consegue se abster ao uso é fato que necessita de tratamento para dependentes químicos e alcoólatras em Santos ou outro local.

O Tratamento para dependentes químicos e alcoólatras em Santos está à disposição parar ajudá-los, entre em contato se precisar.

O tratamento para dependentes químicos e alcoólatras em Santos é focado nos motivos que levam cada um a utilizar drogas e álcool de forma abusiva.

Fatores emocionais têm grande influência no uso de drogas, pois a droga é normalmente utilizada para sublimar os problemas nas quais pessoas não querem ir de encontro, assim o tratamento para dependentes químicos e alcoólatras em Santos acredita a eficácia na recuperação e evite a recaídas.

Uma pessoa equilibrada emocionalmente e com suas questões pessoais trabalhadas, dificilmente caia no consumo compulsivo, pois sabe de suas questões e optam pela vida saudável após o tratamento para dependentes químicos e alcoólatras em Santos.

São realizadas atividades terapêuticas e laborterápicas, reuniões de partilhas diariamente, utilizando a pratica dos doze passos como um dos métodos usados pelo tratamento para dependentes químicos e alcoólatras em Santos.

Acompanhados e orientados por profissionais especializados no tratamento para dependentes químicos e alcoólatras em Santos, sendo eles psicólogo, psiquiatra, terapeuta ocupacional, nutricionista, enfermeiro, monitores e pessoal administrativo.

Codependência

 

Codependência Química ocorre quando perde-se a noção de até onde deve-se ajudar o dependente de drogas e álcool. Conheça as características da doença.Descubra a quem recorrer para alcançar a cura.

Codependência Química – O que é?

A codependência química é um estado patológico em que pessoas ligadas a dependentes químicos, abrem mão de suas vidas para viverem em função dos problemas e sentimentos destes.

Indivíduos nesta situação de codependentes são afetados pela convivência com familiares ou amigos, vítimas das drogas ou do álcool. Se envolvem emocionalmente com o problema do outro a ponto de acobertarem as consequências dos atos destes dependentes.

O codependente acha-se inteiramente responsável pelo dependente e faz de tudo para minimizar as situações constrangedoras e dolorosas do álcool e das drogas.

Codependente e Dependente químicos – Os dois precisam de ajuda.

Os dois, tanto dependente quanto codependente precisam de ajuda e de tratamento. Mas, quem pode ajudar?

Quem trabalha com reabilitação humana e conta com profissionais inteiramente capacitados para lidar com os problemas do álcool e da droga.

Saiba que aqui moram a esperança e a conquista de dias mais felizes. Aqui pode-se sonhar com a libertação do mundo da codependência.

O Drama dos Codependentes químicos e alcoólicos?

Eles não se reconhecem como doentes emocionais. Vivem ao redor dos dependentes tentando ocultar todo o rastro deixado por eles. O objetivo é sempre esconder as situações ocorridas para evitar a qualquer custo o sofrimento do outro.

É uma relação doentia e que resulta em malefícios para ambos. Para o dependente é uma situação ruim porque facilita e encoberta seu vício. Para o codependente é terrível, pois ele sente-se culpado pelas ações do outro.

Constantemente se responsabiliza por elas. Não percebe que está vivendo uma situação irreal e que precisa de muita, muita ajuda. Vive o vício do outro, morre a cada dia um pouco, sem esperança de cura.

Com sua atuação o codependente acha que está ajudando o familiar ou amigo que tenta proteger. Na verdade só adia o reconhecimento da dependência e atrasa o começo de um tratamento sério.

Na verdade, facilita e torna cômoda a continuação do vício. Tira de sobre os ombros do dependente toda a responsabilidade de seu mal. Este jeito de agir, não caracteriza auxílio e apoio. Significa que existe um relacionamento doentio entre ambos. O codependente se compromete e assume a culpa do vício, enquanto o dependente se acomoda, se embebeda ou se droga.

O Que Caracteriza a Codependência Química?

A codependência química é um estado doentio. É uma doença crônica e progressiva. Aqueles que sofrem com esta doença desenvolvem algumas características e apresentam alguns sinais como:

  • Tomam para si toda a responsabilidade dos atos do outro.
  • Assumem os sentimentos, as escolhas, as ações e até os pensamentos e destino do dependente químico.
  • Vivem ansiedade, remorso infundado, piedade intensa e culpa em relação ao problema e situação do outro.
  • Tentam a todo custo ajudar e ficam enraivecidos quando a ajuda não funciona.
  • Possuem autoestima baixa.
  • Tem verdadeira obsessão em controlar o comportamento do dependente.
  • Considera o protegido mais importante do que ele próprio.
  • Não consegue falar abertamente de seus sentimentos em relação ao outro.
  • Prefere sofrer em silêncio a ter que ferir o outro.
  • Tem dificuldades em entender que esta codependência é doentia e que precisa de tratamento.

Codependência Química e o Tratamento

A codependência química tem tratamento. A pessoa afetada quando busca tratar-se é levada a enfrentar o desafio de aceitar suas limitações quando se trata do outro.

O paciente passa a perceber até onde pode ir e até que ponto é possível ajudar alguém. É reestabelecida a linha entre amor e permissividade.

O tratamento do codependente possibilita a redescoberta da autonomia e objetiva colocar o paciente como ser humano importante. Além disso, proporciona oportunidade de construir projeto de vida próprio sem codependência de outros.

São Metas do Tratamento:

  • Levar à aceitação de si e do outro.
  • Promover a elevação da autoestima.
  • Proporcionar ao paciente valorização de si mesmo.
  • Enfrentamento da realidade.
  • Levar a expressar seus sentimentos sem culpa.
  • Levar a percepção de que é fundamental auxiliar, dando ao outro a oportunidade de decidir que tipo de ajuda deseja

Tratamento para dependentes químicos e alcoólatras em Santos

Atendimento 24hs

(11) 4175-0727

(11) 96474-1518 (Vivo/Whatsapp)