Tratamento para Dependentes Químicos

Tratamento para dependentes químicos e alcoólatras na zona norte

Tratamento para dependentes químicos e alcoólatras na zona norte

O tratamento para dependentes químicos e alcoólatras na zona norte é realizado por psicólogo, psiquiatra, enfermeiro, nutricionista, terapeuta ocupacional, monitores e pessoal administrativo.

Em local seguro, tranquilo e protegido o tratamento para dependentes químicos e alcoólatras na zona norte ocorre, em contato com a natureza os pacientes vão adquirindo novos valores e valores perdidos e refletindo sobre a vida que levava na expectativa por uma nova forma de viver.

Acreditamos que uma pessoa com os sentimentos equilibrados, por mais que venham consumir drogas dificilmente se deixe entrar numa vivência de consumo abusivo, por isso o tratamento para dependentes químicos e alcoólatras na zona norte vem de encontro a isso, realizando terapias com psicólogo e tratando de possíveis doenças psíquicas.

O tratamento para dependentes químicos e alcoólatras na zona norte está disponível para atendê-los mesmo em urgência. Informamos para maior segurança que o tratamento para dependentes químicos e alcoólatras na zona norte ocorre sob vistoria do corpo de bombeiros, Anvisa e possui alvará de funcionamento.

Retirar um dependente químico em uso compulsivo de drogas e álcool é uma atitude sensata visando à proteção e parada imediata, pois acreditar que uma pessoa dependente pare por si só ou consiga parar rapidamente é um tanto improvável, assim acolhemos essas pessoas no tratamento para dependentes químicos e alcoólatras na zona norte.

Percebemos nas famílias que procuram o tratamento para dependentes químicos e alcoólatras na zona norte esperam que a pessoa perceba o que está acontecendo e pare de usar, acontece que na maioria dos casos ela tem pouco poder de escolha, visto que sua vida está sob a necessidade de consumir drogas.

A intervenção familiar é mais próxima que ela tem, portanto é importante analisar o caso, o contato com profissionais da área pode esclarecer as dúvidas e orientar um melhor tratamento ou entre em contato com o tratamento para dependentes químicos e alcoólatras na zona norte.

Codependência

Codependência, um transtorno emocional, inicialmente reconhecido entre familiares de dependentes químicos e alcoolistas, mas que cada vez mais vem se tornando um padrão de comportamento disfuncional, desenvolvido por pessoas em relações amorosas ou entre pais e filhos.
Codependência é a inabilidade de manter e nutrir relacionamentos saudáveis com os outros e consigo mesmo. É uma espécie de falso amor, cheio de angústias e culpas, que se manifesta de duas maneiras: intrometer-se em tudo que diz respeito à vida da outra pessoa de quem se é codependente e tomar para si suas responsabilidades.
O codependente desenvolve aguns padrões de comportamento, dentre eles:dificuldades de identificar o que está sentindo desinteressa-se por suas necessidades e dedica-se inteiramente ao bem-estar do outros tem dificuldades em tomar decisões
julga-se severamente; nunca sendo ” bom o suficiente” espera aprovação dos outros com relação aos meus pensamentos, sentimentos e comportamento acima da sua própria aprovação sente-se como uma pessoa não amável, sem valor assume compromissos acima dos seus próprios valores e integridade para evitar rejeição ou raiva dos outros é extremamente leal e permanece muito tempo em situações prejudiciais considera as opiniões e sentimentos dos outros muito mais do que os seus próprios e tem medo de divergir de opiniões e sentimentos abre mão de seus próprios interesses e passatempos para fazer o que os outros querem acredita  que as outras pessoas são incapazes de tomarem conta da própria vida tenta convencer os outros de como eles ” deveriam pensar e como eles verdadeiramente se sentem” oferece aos outros livremente conselhos e direções sem ser questionado usa o sexo para ganhar aprovação e aceitação tem necessidade de ser necessário para se relacionar com os outros .A cura da codependência começa quando a pessoa reconhece, admite e aceita a doença, dando início a mudanças no seu modo de viver:
· Buscar sua verdadeira identidade
· Reconectar-se com seus sentimentos
· Conscientizar-se de suas necessidades
· Estabelecer limites, aprendendo a dizer “NÃO”
· Encontrar um espaço seguro – participar de um grupo de apoio
· Aprender a brincar e relaxar
Uma dica para todas as pessoas que vivem próximas de familiares e pessoas com problemas é concentrar-se nestes 3 “C”:
1. Você não CAUSOU o problema da outra pessoa.
2. Você não pode CONTROLAR essa pessoa.
3.Você não pode CURAR o problema.

Tratamento para dependentes químicos e alcoólatras na zona norte

Atendimento 24hs

(11) 4175-0727

(11) 96474-1518 (Vivo/Whatsapp)